Peru – Compromisso histórico reconhece direitos de tribos isoladas

Os Mashco Piro têm entrado cada vez mais em contato com forasteiros. As novas reservas pretendem garantir que as terras dos povos isolados não sejam perturbadas.

Os Mashco Piro têm entrado cada vez mais em contato com forasteiros. As novas reservas pretendem garantir que as terras dos povos isolados não sejam perturbadas.

O Peru irá criar duas reservas na Amazônia para a proteção de tribos isoladas, cobrindo mais de 2.5 milhões de hectares. Pelo menos sete grupos distintos de povos isolados, incluindo os Matsés, vivem nas áreas que formam as novas reservas de Yavari Tapiche e Yavari Mirin no estado de Loreto, no nordeste da Amazônia peruana.

A região remota sofre pressões intensas da exploração petrolífera e madeireira, e de uma estrada que pode devastar povos inteiros. Aqueles que buscam explorar os recursos naturais da área negam há tempos a existência de povos indígenas vivendo nestas florestas, cuja presença dificultaria seus planos.

No entanto, o governo peruano não descartou expandir a exploração de petróleo e assumiu o comando de duas concessões dentro das novas reservas de Yavari Tapiche e Yavari Mirin. A Survival International, o movimento global pelos povos indígenas, e a única organização lutando ao redor do mundo para parar o extermínio das tribos isoladas, escreveu ao governo, junto com milhares de apoiadores, pedindo a proibição completa de toda a extração de recursos nas reservas e para que os dois blocos de exploração existentes sejam cancelados.

Casas comunais de uma comunidade indígena próxima da nova reserva de Yavari Tapiche.

Casas comunais de uma comunidade indígena próxima da nova reserva de Yavari Tapiche.

As reservas são fundamentais para a sobrevivência das tribos isoladas, que enfrentam uma catástrofe a não ser que suas terras sejam protegidas. Populações inteiras estão sendo dizimadas pela violência genocida de estranhos que roubam suas terras e recursos, e por doenças como a gripe e o sarampo, às quais não têm resistência. Grupos inteiros podem ser rapidamente dizimados.

Um homem Matsés disse à Survival International: “A vida antes do contato era incrível. Nossos parentes isolados ainda vivem na floresta. Eles vivem como nós vivíamos antes do contato. Porque isolados vivem lá, queremos que o governo proteja a terra.”

Desde o contato, os Matsés sofrem com doenças, especialmente malária, que seus remédios a base de plantas não podem curar.

Desde o contato, os Matsés sofrem com doenças, especialmente malária, que seus remédios a base de plantas não podem curar.

O diretor da Survival International, Stephen Corry, disse: “Apesar de a criação das reservas de Yavari Tapiche e Yavari Mirin ser bem-vinda, a recusa do governo peruano em proibir toda a extração de recursos é uma preocupação séria. As tribos isoladas são os povos mais vulneráveis do planeta. Eles são nossos contemporâneos e parte vital da diversidade humana."

A criação das duas novas áreas de proteção no Peru é resultado de anos de campanhas intensas realizadas por povos indígenas e seus apoiadores. No entanto, três outras reservas ainda aguardam serem formadas. Quanto mais tempo o governo demora em criar áreas protegidas, maior são as ameaças às tribos que ali vivem.

Contexto:
- Tribos isoladas são povos indígenas que não possuem contato pacífico com ninguém na sociedade dominante. Podem ser povos inteiros ou grupos menores de tribos já contatadas.
- Alguns podem ter tido contato com a sociedade colonial no passado, e depois retornado ao isolamento devido à violência que isso trouxe. Alguns podem ter sido parte de grupos indígenas maiores, e se dividiram e se mudaram, fugindo do contato.
- Os indígenas isolados não são atrasados ou relíquias primitivas de um passado remoto. Eles são sociedades contemporâneas e onde seus direitos são respeitados, eles continuam a prosperar.