Indígena isolado visto do ar em 2010 em filmagem que, posteriormente, se tornou conhecida mundialmente.

Indígena isolado visto do ar em 2010 em filmagem que, posteriormente, se tornou conhecida mundialmente.

© G. Miranda/FUNAI/Survival

Letícia Sabatella e Wagner Moura, apoiadores da Survival International, lançaram uma campanha global pelos povos indígenas isolados – os povos mais vulneráveis do planeta.

Ambos os atores estrelam o novo filme da campanha.

Letícia Sabatella disse: “Eu estou ajudando a defender os direitos dos povos indígenas isolados – pelo futuro deles, pela natureza e por toda a humanidade.”

Assista ao filme aqui.

O filme lidera uma onda de pressão internacional para proteger os povos indígenas isolados, que enfrentam ameaças sem precedentes para sua sobrevivência. Eles estão sendo dizimados pela violência de estranhos que roubam suas terras e recursos, e por doenças como a gripe e o sarampo, às quais não têm resistência.

Existem mais de 100 povos indígenas isolados em todo o mundo – na América do Sul, na Índia e na Papua Ocidental.

O Brasil é lar para mais povos indígenas isolados do que em qualquer outro lugar no planeta. Mas, eles estão em risco iminente de genocídio. Algumas bases governamentais que protegem os indígenas isolados da invasão de madeireiros e fazendeiros foram fechadas e outras não conseguem operar normalmente devido a cortes orçamentários.

A atriz e embaixadora da Survival International Letícia Sabatella apoia a campanha global pelas tribos isoladas.

A atriz e embaixadora da Survival International Letícia Sabatella apoia a campanha global pelas tribos isoladas. © Survival

Os aclamados atores e embaixadores da Survival, Sir Mark Rylance, vencedor do Oscar em 2016, e Gillian Anderson, de Arquivo X, também apoiam a campanha global.

Em agosto de 2017, um suposto massacre de indígenas isolados por garimpeiros no Vale do Javari na Fronteira Isolada Amazônica expôs a vulnerabilidade extrema que estes povos vivem sem a proteção adequada de suas terras.

Em outra parte da Amazônia, povos como os Awá, no Maranhão, sofrem grandes pressões de madeireiros ilegais que estão devastando seus territórios, ilhas verdes em um mar de desflorestamento. Seus vizinhos, os Guardiões Guajajara, trabalham para despejar os madeireiros e proteger sua floresta, para salvar os Awá isolados do extermínio. No Mato Grosso, os Kawahiva isolados, um pequeno povo sobrevivente de um genocídio, vivem fugindo de invasores.

Wagner Moura apoia a campanha global pelos direitos das tribos isoladas de sobreviverem e prosperarem.

Wagner Moura apoia a campanha global pelos direitos das tribos isoladas de sobreviverem e prosperarem. © Survival

Desde 1969 a Survival International lidera a campanha global pelos direitos dos povos indígenas isolados. Não iremos desistir até que todas suas terras sejam protegidas, para que eles possam viver na maneira em que escolherem. Eles são as melhores guardiões de seu ambiente, e evidências provam que territórios indígenas são as melhores barreiras ao desmatamento.

O diretor da Survival International, Stephen Corry, disse: “É simples – os indígenas isolados enfrentam uma catástrofe, a não ser que suas terras sejam protegidas. Sem um movimento global que lute pelos seus direitos, eles simplesmente não sobreviverão até a próxima geração. Agradecemos a energia e o entusiasmo de Moura, Sabatella, Rylance e Anderson, que compreendem esta urgência. Com este filme, podemos fazer com que o chamado para deixar os povos indígenas isolados viverem seja alto demais para ser ignorado.”