Email urgente

Deixe os Guarani viverem em sua terra!

Damiana Cavanha, líder da comunidade Apy Kay. Três de seus filhos e seu marido foram mortos na luta por sua terra.

Damiana Cavanha, líder da comunidade Apy Kay. Três de seus filhos e seu marido foram mortos na luta por sua terra.
© Paul Patrick Borhaug/Survival

Guaranis no Mato Grosso do Sul foram expulsos novamente de sua terra e suas casas foram destruídas, forçando-os a viver à beira de uma rodovia.

No dia 6 de julho de 2016, quase 100 policiais despejaram os Guarani da comunidade Apy Ka’y de uma pequena parte de sua terra ancestral que eles haviam reocupado em 2013.

Vídeos de suas casas sendo destruídas e da reação de Damiana Cavanha, líder da comunidade geraram revolta internacional.

Os Guarani estão lutando por suas terras, mas isso tem um preço. Damiana é uma mãe que perdeu três filhos, todos mortos nessa luta. Agora, pistoleiros viraram sua atenção a ela.

Damiana e os Guarani dependem de você. Por favor, envie um email ao Ministro da Justiça agora, exigindo que a terra dos Guarani seja devolvida a eles imediatamente!

Emails enviados:  Ajude-nos a alcançar 15,000!



para: Ministro André Mendonça

email:[email protected][email protected]

CC email addresses: [email protected][email protected];[email protected]

Excelentíssimo Senhor Ministro

Estou abismado em saber que os Guarani da comunidade de Apy Ka'y foram despejados novamente.

Enquanto não for permitido que eles vivam em sua terra ancestral, eles são forçados a viver em condições terríveis à beira da rodovia, onde desnutrição e doenças são constantes e onde alguns Guarani já foram mortos.

Por favor, respeite a Constituição e os direitos dos Guarani: garanta que sua terra ancestral seja devolvida urgentemente.

Damiana e seu povo não devem ser forçados a suportar mais sofrimento e mortes para conseguir o que é deles por direito.

Atenciosamente,